Eduardo Paes concorrerá ao governo do Rio

Eduardo Paes - Fonte: Veja
Gostou? Compartilhe!
  • 2
    Shares

Com informações Band News

Paes afirmou que voltou para o Rio por ter vocação para a política

Após uma reunião com o interventor federal, general Walter Souza Braga Netto, o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, do DEM, oficializou na tarde desta quinta-feira (26) a pré-candidatura ao governo do Estado do Rio de Janeiro.

Em coletiva de imprensa, Paes disse que marcou reunião com o interventor para entender a visão dele sobre a segurança pública do estado. Ele disse que, durante a conversa, pôde ver melhora em varias áreas do Rio e avaliou a intervenção como necessária, já que “havia uma falta de comando no estado.”

Eduardo Paes voltou ao Rio em janeiro deste ano. Até quarta-feira (25), ele atuava como vice-presidente da empresa chinesa de veiculos elétricos BYD, quando pediu demissão pra voltar à vida pública.

O ex-prefeito disse que, com o cargo de governador, vai receber menos do que na empresa chinesa mas, afirmou que voltou para o Rio pois possui vocação para a política.

Questionado sobre o nome de um possível vice, Eduardo Paes disse que não tem um nome em mente e que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do DEM, é quem está cuidando dessa questão, assim como das alianças de apoio à candidatura do ex-prefeito.

Paes finalizou dizendo que, caso seja eleito, cuidar da segurança pública vai ser um dever, e que o apoio das Forças Armadas vai continuar sendo procurado por sua gestão.

O ex-prefeito disse ainda que, durante o resultado das eleições, espera estar com César Maia, também do DEM e candidato ao Senado pelo Rio de Janeiro, no palanque para comemorar as possíveis duas vitórias.


Gostou? Compartilhe!
  • 2
    Shares