Press "Enter" to skip to content

MOÇAMBIQUE IRÁ INVESTIR 200 MILHÕES DE DÓLARES NA MODERNIZAÇÃO DE SUAS FERROVIAS

Gostou? Compartilhe!

A empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), estatal que gere os portos e ferrovias de Moçambique, sendo responsável pelo transporte de cargas e passageiros em todo o país,  completou, no último domingo, 120 anos de existência e a comemoração foi nesta segunda-feira em Maputo, capital do país

120 anos de CFM – O País

O evento contou com a presença do Presidente da República, Filipe Nyusi, alguns membros do governo, dirigentes e antigos gestores da empresa para além de milhares de seus trabalhadores.

A empresa vem recebendo investimentos na melhoria dos serviços nos últimos anos, incluindo dezenas de carros de origem chinesa para suprir a crescente demanda de passageiros que, cada vez mais, buscam a ferrovia a medida que a qualidade do serviço melhora, em razão dos investimentos. Nos últimos anos, a Caminhos de Ferro de Moçambique transportou uma média de 3 milhões de passageiros por ano.

O Presidente da República, Filipe Nyusi, disse, no seu discurso, que a empresa havia alcançado lucros avaliados em pouco mais de 45 milhões de dólares no ano passado, pagou em impostos e dividendos para o Estado mais de 90 milhões de dólares o que a fez merecer o título de ser um dos maiores contribuintes em Moçambique, de acordo com a Autoridade Tributária. Para o Chefe de Estado isto demonstra que a empresa está com suas contas em dia.

A Caminhos de Ferro de Moçambique está se preparando para iniciar seu Plano Estratégico, que prevê o investimento de mais de 200 milhões de dólares na modernização de suas linhas e equipamentos nos próximos três anos.

Estação de Maputo – Flickr / Rosino

A estatal detém participações em todos os portos de Moçambique, que estão conectados por linhas de Caminhos de Ferro às regiões mineiras bem como aos países vizinhos, como África do Sul, Malawi, Zâmbia e Zimbabué.

Imagem: Página Global

Com informações: Revista Cargo, MacauHub, CFM

Leia mais:

O DILEMA DE UM PAÍS SEM TRENS DE PASSAGEIROS

NA RUSSIA, UMA CLÍNICA SOBRE RODAS ATENDE O INTERIOR

GOVERNO CANCELA RECURSOS PARA MOBILIDADE URBANA

RIO DE JANEIRO TEM O PIOR TRANSPORTE DO BRASIL, MOSTRA ESTUDO

INDEFINIÇÃO DO GOVERNO FEDERAL IMPEDE RETOMADA DOS TRENS DE PASSAGEIROS NO PAÍS


Gostou? Compartilhe!

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *