O DEVER DE UM ESTADO SOBERANO

Imagem: National Galeries Scotland / The Muir portrait. Unknown artist
Gostou? Compartilhe!

“O terceiro e último dever de um Estado soberano é o de erguer e manter aquelas instituições públicas e aquelas obras públicas, que, embora sejam extremamente benéficas à sociedade, são, contudo, de tal natureza, que o seu lucro nunca poderia repagar o investimento de nenhum indivíduo ou pequeno grupo, e que portanto não se pode esperar que alguém ou algum pequeno grupo vá construí-las ou mantê-las.”

Adam Smith, 1776, Vol V, Cap I, Parte III


Gostou? Compartilhe!