Press "Enter" to skip to content

Debate: Ciro e Alckmin polarizam na economia. Marina impõe derrota a Bolsonaro.

Gostou? Compartilhe!

No debate de ontem (17/08), o principal tema discutido foi a economia brasileira. Impostos, PEC do teto de gastos, desemprego e retomada do crescimento foram alguns dos muitos assuntos abordados pelos candidatos. Nesse aspecto, o debate foi polarizado por Ciro Gomes e Geraldo Alckmin, que defenderam projetos dissonantes. Ciro defendeu um rompimento com as políticas econômicas de Temer. Geraldo Alckmin tentou desvincular-se da imagem do presidente, mas afirmou um projeto com mais continuidades que rupturas.

O PT, mais uma vez não compareceu ao debate, em função de problemas relacionados à justiça. Guilherme Boulos manifestou-se contrariamente à decisão. Jair Bolsonaro foi manifestamente a favor de retirar o púlpito em que o líder petista estaria localizado.

Os ânimos acirraram-se no momento em que Marina Silva respondeu de maneira mais enérgica o candidato do PSL. Ao ser indagada sobre legalização do aborto e das drogas, a discussão descambou para desigualdade de gênero e segurança pública. Marina afirmou: “você acha que pode resolver tudo no grito e na violência.” 

A questão tributária foi um tema de profunda reflexão entre Geraldo Alckmin e Ciro Gomes. Alckmin afirmou que o atual programa de governo do PSDB contempla o IVA. Ciro Gomes afirmou que o primeiro político a propor o IVA na literatura brasileira foi ele próprio, no ano de 1995.

Boulos e Meirelles também protagonizaram embates. Boulos voltou a referir-se sobre os “50 tons de Temer”, colocando Meirelles em situação constrangedora.

Meirelles respondeu que criou milhões de empregos no Brasil, mas para aqueles que, de fato, trabalham. Boulos reafirmou que luta ao lado dos sem-teto, há 17 anos, com muito orgulho.

Apesar de preocuparem muito o eleitorado, temas como saúde, educação e segurança não foram abordados de maneira mais sistemática. Cabo Daciolo pregou e Jair Bolsonaro defendeu o armamento da população civil, passando ao largo dos problemas sociais brasileiros.


Gostou? Compartilhe!

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *