Brasil Feliz de Novo – A Piada de Mal Gosto que a gente não viveu

Foto Fake da Banda Paramore que os Petistas usam para divulgação
Gostou? Compartilhe!

Após um ano do governo Bolsonaro, temos uma fuga de capitais acumulada de todo governo chegando a 100 bilhões de dólares (se não chegou enquanto você lê esse texto), Um dólar custando 4,60 reais em média e estatais sendo vendidas sem conhecimento do Povo Brasileiro que tá sendo lesado.

Neste cenário de Terra pré-arrasada, deparamo-nos com os seguintes cenários: uma suposta oposição que ninguém sabe o que anda fazendo, uma classe empresarial que parece apática diante a derrocada da economia e uma mídia descolada da realidade.

Na verdade o Povo sabe o que o PT tá fazendo, na verdade o próprio partido tem orgulho de divulgar seus “feitos” que foram o PTinder, o namoro da Gleisi Hoffman com Lindberg Farias e a viagem de Lula pela Europa para ganhar prêmios Honoris Causa num comício sem fim que começou após a sua saída do presídio em Curitiba.

O interessante é que, se você se considera de Esquerda ou Progressista e fizer um simples exercício mental de ler esses “feitos”, vai deparar com uma indignação, um ódio ou uma revolta que foi carinhosamente chamada de “anti-petismo”. Isso virou um fenômeno, alguém que faça parte dessa bolha não vai entender como povão de fato sente ou pensa à respeito da atuação desse partido [leia de novo atuação do PT no parágrafo anterior, agora ponderando que as empresas estão falindo, dólar tá indo nas alturas e o Bolsonaro tá destruindo tudo que vê pela frente].

E assim não foi por falta de aviso! Basta lembrar que Mano Brown, antes da fatídica votação para presidente, tentou alertar que a militância progressista estava distante da população mais necessitada. Dois anos, depois continuam a cometer os mesmos erros. Não adianta invocar Einstein com sua celebre frase:


Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes

Não percam seu tempo. Basta ver como a Ciranda lidou nos episódio do Coronel Ibis e da transgênero Suzy (#SuzyLivre?). Foram cartesianos e agiram conforme o esperado. Por isso continuamos dizendo: não percam seu tempo! É uma geração moldada pela engenharia social para reagir dessa maneira. Qualquer um que olhe de fora compreende que isso é insano, é uma loucura. Em um dos acessos de Loucura foi criada a oposição new left doutrinada cartilha lulo-petista de chamar seus adversários de “Fascistas”, vulgarizando esse termo.

É, meu amigo e minha amiga, agora temos uma geração de militantes moldados a partir dessa premissa de tratar seus adversários políticos como demônios que vieram para o Brasil para causar caos é destruição, mas não param para refletir de quem é a culpa ?

A Culpa é do Povo ?

A Culpa é do Povo que não votou a favor da “Democracia” ?

É do povo que não assistiu o documentário Democracia em Vertigem na Netflix ?

Ou do povo que, quando parou pra assistir o programa natalino do Porta dos Fundos de 2019, acabou assistindo os programas dos anos de 2018 e 2017 e lotando a caixa de comentários do Youtube com xingamentos, indignados com o que assistiram ?

Essa esquerda petista é desconectada com o povo se adaptaria com facilidade na Escandinávia mas esqueceram de avisar que Isso aqui é BRASIL !!!

O Povo aqui tem sua sabedoria popular. O Povo é Sábio. O presta muita atenção no linguajar e na pessoa que tá invocando tais termos, assim julgando se de fato é valido aquele conteúdo.

O POVO BRASILEIRO PRESTA MUITO ATENÇÃO O EMISSOR DA MENSAGEM !!!

Em outras palavras, por incrível que pareça, o povo não é idiota !!! Os populares não gostam de levar carteiradas acadêmicas burguesas quando encontram com os “progressistas” e sua receitinha de bolo que deu certo na Noruega, Suécia ou França. A esquerda que está mais perto de Paris do que de Paraisópolis não entende que Isso aqui é BRASIL !!!

O povão é Antifascista e odeia quem usa o termo Fascismo de forma Irresponsável e Leviana. O povão tem memória, e lembra muito bem dos dois últimos governos que se diziam de esquerda, mas escravizaram financeiramente a maior parte da população.

Esse é o preço que se paga ao deixar um cartel de Bancos deitarem e rolarem nesse território. Todo mundo devendo o cheque especial, com boletos das Casas Bahia pra pagar, com prestações do apartamento que fez em 64x nos tempos de bonança.

E isso aí: esta todo mundo endividado e revoltado e viram que seriam enrolados novamente pelo poste do Mercado Financeiro que o PT emplacou nas eleições de 2018.

E vemos a cena lamentável de ver militantes dos Partidos dos Trabalhadores chamando os eleitores de outros candidatos de “fascistas” no primeiro turno das eleições. E no segundo turno tem o disparate de dizer: votem no Haddad a favor da “Democracia” para os mesmos eleitores que foram xingados de “fascistas” no primeiro turno.

Essa foi a cereja do bolo. Essa é uma das autocríticas que você não vê na Blogosfera petista e isso foi crucial para o resultado das eleições. O acúmulo de ressentimento alimentado pelos petistas que foi carinhosamente chamado de “Anti-petismo”.

O ponto de fuga da realidade da New Left adestrada, com sua patológica negação da realidade, é pensar que perderam a eleição porque Ciro viajou à Paris ou porque o povo acreditou em Fake News do WhatsApp. Nada a ver com a falsa candidatura de Lula, a chapa natimorta de Haddad/Manu ou a aversão popular ao identitarismo pós-moderno e neoliberal utilizado para encobrir o fracasso do governo Dilma. Não se deram conta de que as únicas pessoas no Brasil que acreditam em mamadeira de piroca são a militância petista/psolista,que servem tão somente para legitimar, de fato e de direito, o governo Bolsonaro.

Isso o PT não mostra ! E o Mano Brown segue na geladeira e ninguém mais fala dele. Enquanto isso o Assalariado (ou que restou dele) continua na batalha acordando às 5 da manhã para chegar às 8 no trabalho, “com raiva por dentro, a caminho do centro”. E nunca teve essa de “Brasil feliz de novo”, pelo contrário, o povo foi chamado de “fascista” e considerado culpado pelo fracasso do projeto de poder do neoliberalismo progressista. 

Um dos sintomas da corrupção mental em curso, está nesta tendência de chamar “fascista” a qualquer pessoa com quem discordamos. Isso não é apenas conceitualmente errado na maioria dos casos. É uma manifestação de preguiça e estupidez – uma nova forma de desistência intelectual.

– Zizek

Autor do Texto: Rafael Cândido – Mestre em Ciência Contábeis


Gostou? Compartilhe!