Marcio França diz que sua vitória seria o fim da candidatura Dória

Gostou? Compartilhe!

O candidato a prefeito de São Paulo pela coligação PSB-PDT, Marcio França, afirmou que sua possível vitória significaria o fim das possibilidades do governador João Doria (PSDB) chegar à Presidência da República.

A declaração foi dada em entrevista ao jornal El País, no primeiro dia de outubro.

“Evidente que uma vitória minha em São Paulo carimba uma derrota no Doria. Penso que ele não seria mais candidato a presidente”, disse o candidato na entrevista.

França vem se destacando nas posições que adota perante problemas reais da cidade de São Paulo, como a chamada cracolândia e a questão da renda básica que veio à tona com o auxílio emergencial pago pelo governo federal durante a pandemia.

“São Paulo tem 2,7 milhões de pessoas, dos 10 milhões de adultos vivendo com 600 reais. A cidade não tem condição de pagar esses 600 reais em contrapartida”, disse ele ao El País. Porém, França afirma que a prefeitura deveria abrir mão de empresas terceirizadas que são contratadas a baixos preços e usar pessoas em situação de vulnerabilidade, em contratação direta.

“As pessoas querem trabalhar, querem ter orgulho de sua atividade”, diz.

Sobre a cracolândia, ele diz que “não é verdade que todo mundo ali é drogado, bêbado, com problemas mentais. Muita gente foi despejada e ficou sem opção, mas são sãs e querem trabalhar”.

França está em terceiro lugar na disputa pela prefeitura de São Paulo.

Com informações Monitor Nacional


Gostou? Compartilhe!