O Cálculo do PT

Gostou? Compartilhe!

 

Militante de Esquerda, que defende a causa faz 25 anos, fez o seguinte exercício de Abstração – Imaginar como a Direção do PT pensa e fez as seguintes inferências:

A Direção do PT sabe que o partido acabou como partido orgânico. Não tem mais núcleos, só existem os mandatos, pouca militância etc então eles apostam que a pessoa do Lula é que vai superar isso. E eles têm uma visão elitista (pois é…) de que o povo é ignorante, reacionário, tanto que em alguns discursos deles você vê que eles acham que o Bozo representa o “Brasil real”.

Por que eu acho isso ? porque isso tá implícito no discurso de que o governo do PT foi o máximo que dava pra conseguir na sociedade brasileira. Em vários comportamentos isso transparece, eles culpam o povo pela derrota deles etc. Então, por isso também eles não avançaram nos governos. Em parte, porque se comprometeram e se venderam, mas em parte também porque achavam que avançar mais ia levar a um golpe etc (o PCdoB em 2003 já fazia esse discurso). A única solução é o Lula, que é o representante do povo, porque o povo sozinho não é capaz de nada além disso. Esse é o raciocínio.

A Queda de Braço entre a “Direita” e a “Esquerda” no Brasil

 

O pessoal que sempre vota na direita (uns 40%) da população, quando a economia tá bem, eles ficam passivos e não vão ativamente se organizar contra o governo. Isso eu acho que é válido até no caso de um governo de esquerda radical chegar ao poder no Brasil. Teria que tomar medidas econômicas imediatas pra acalmar esse pessoal.

Teve a crise, que é cíclica, mas que o PT fez várias merdas na economia fez. E tem uma parte da esquerda, que são os identitários, que quer fazer guerra cultural permanente no terreno do inimigo, que tem 90% de chance de perder.

O que não quer dizer que não tenha que levantar bandeiras feministas, antirracistas etc só que tem algumas condições que tem que ser levadas em consideração. Primeiro, que vai perder voto. Isso não tem problema se você é de um PSOL da vida, que tem 5%, mas faz diferença se você estiver disputando pra valer um cargo majoritário. Então tem que escolher bandeiras bem (que sejam tão importantes que valha a pena perder esses votos por elas), e que sejam importantes. Depois que essas políticas têm que fazer parte de um programa econômico geral que seja bom pra 80 ou 90% da população, pra algumas pessoas tolerarem essas bandeiras (que elas seriam contra normalmente) por causa do programa geral.

Um militante da Esquerda Antiga


Gostou? Compartilhe!