Gasolina no Sudeste é a mais cara do país

Gostou? Compartilhe!

Etanol registra maior aumento de preços do início de maio; todas as regiões do país voltaram a registrar aumento nos preços dos dois combustíveis.

De acordo com o mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), os postos da Região Sudeste mantiveram a gasolina mais cara do país no início de maio, após novo aumento de 1,09% em relação ao fechamento de abril. O combustível foi comercializado pelo valor médio por litro de R$ 5,866. Já o etanol, encontrado nas bombas a R$ 4,609, registrou a maior alta no comparativo entre as regiões, de 5,13%.

“O cenário de aumento nos preços dos combustíveis voltou a ser realidade em todas as regiões. Diesel, diesel S-10, etanol e gasolina apresentaram altas no início de maio. No Sudeste, além do avanço significativo nos preços do etanol, destacam-se as taxas de aumento do diesel comum e do diesel S-10, que estão atrás apenas das encontradas na Região Sul”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

O diesel comum no Sudeste apresentou aumento de 6,50% e foi encontrado a R$ 4,539. Já o diesel S-10, com alta de 6,36%, foi comercializado a R$ 4,613. Em ambos os casos, mesmo com os avanços significativos, os preços médios desses combustíveis seguem acima apenas da Região Sul.

No recorte entre estados, São Paulo segue com os combustíveis mais baratos do Sudeste. O diesel comum foi encontrado a R$ 4,466 nas bombas paulistas; o tipo S-10, a R$ 4,523; a gasolina, a R$ 5,402; e o gás natural veicular (GNV), a R$ 3,125.

“O etanol no estado também é destaque. Além de terem comercializado o combustível com menor valor médio do país, a R$ 3,957, os postos registraram o maior aumento do território nacional, de 8,20%”, destaca Pina.

Os valores médios mais altos se dividem entre Minas Gerais e Rio de Janeiro. Nos postos mineiros, o diesel comum, a R$ 4,650, e o tipo S-10, a R$ 4,703, foram os mais caros da Região. Já nas bombas fluminenses, o etanol foi encontrado a R$ 5,103; a gasolina, a R$ 6,222; e o GNV, a R$ 4,108.

O Espírito Santo apresentou os menores aumentos de preços da gasolina e do etanol no início de maio, na comparação com o fechamento de abril. A gasolina no estado avançou 0,61% e foi comercializada a R$ 5,818, e o etanol, a R$ 5,008, alta de 3,34%.

Com informações Monitor Mercantil


Gostou? Compartilhe!