Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da América Latina

Gostou? Compartilhe!

Por Marcos de Oliveira

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela

O Brasil é o pior país latino-americano no manejo da crise causada pela pandemia, na visão de 380 formadores de opinião e jornalistas de 14 países da região ouvidos na “Pesquisa para Líderes de Opinião da América Latina”, realizada pela Ipsos entre final de junho e meados de julho. Foi quase unanimidade: 95% desaprovam, apenas 4% aprovam (1% nas respondeu). Segundo pior, a Venezuela vem com 75% de desaprovação e 9% de aprovação. O país que melhor reagiu à Covid-19 foi o Chile, com 76% de aprovação e 22% de reprovação, praticamente empatado com o Uruguai, aprovado por 73%.

Caro Leitor, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo.  Precisamos de sua contribuição para manter nosso jornalismo honesto e independente. Se você puder contribuir com qualquer valor que não te fará falta, nós agradecemos. A Chave PIX Agencia MBrasil é ferpadrao@gmail.com

Na aprovação dos chefes de Estado, Bolsonaro inverte com Maduro: é o segundo pior, com 85% de desaprovação e 14% de aprovação (o presidente venezuelano tem 90% e 6%, respectivamente). Neste quesito, o primeiro colocado é Luis Alberto Lacalle Pou, do Uruguai, aprovado por 68% dos formadores de opinião.

Com informações Monitor Mercantil


Gostou? Compartilhe!