Gasolina acima de R$ 7 já é realidade e chegará ao Rio

Gostou? Compartilhe!

 

Preço médio do combustível subiu quase 40% em 12 meses.

Gasolina comum acima de R$ 7 já é uma realidade no Brasil. O preço máximo, na coleta realizada entre 1º e 13 de agosto pela ANP, é de R$ 7,189, no Rio Grande do Sul. Não vai ser preciso muito tempo para que esse valor apareça no Rio de Janeiro: no mesmo levantamento, o litro na capital fluminense já batia em R$ 6,899. O preço médio do combustível no Brasil estava em R$ 5,864. No Rio, maior produtor de petróleo e maior ICMS do País, a média era de R$ 6,348.

A comparação com o ano passado ajuda a entender por que a inflação disparou. Em agosto de 2020, a gasolina comum era vendida a R$ 4,237 (preço médio Brasil) e R$ 5,690 (máximo). Em um ano, aumento de pouco mais de 38% (médio) e 26% (máximo).

Caro Leitor, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo.  Precisamos de sua contribuição para manter nosso jornalismo honesto e independente. Se você puder contribuir com qualquer valor que não te fará falta, nós agradecemos. A Chave PIX Agencia MBrasil é agenciabrasilmaior@gmail.com

No caso do gás de cozinha, o preço médio pulou de R$ 69,98 (agosto de 2020, Brasil) para R$ 93,32 – alta de quase 34%. O valor máximo saiu de R$ 115 para 130 – aumento mais modesto, de 13%. Mas os fiscais da ANP não coletam os valores cobrados pelas milícias do Rio.

 

Com informações Monitor Mercantil


Gostou? Compartilhe!