Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

Gostou? Compartilhe!

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento


Em conversa com a coluna, um empresário do ramo industrial comenta sobre o total distanciamento do Governo Bolsonaro em relação ao setor. Mais que distanciamento, até um certo desprezo. Mesmo o Ministério da Infraestrutura, que deveria estar atento para dinamizar a indústria, demonstra um certo desdém.

O governo só tem olhos para o agronegócio. Apenas a construção civil recebe um pouco de atenção, talvez pela visibilidade que proporciona votos e pela geração rápida de empregos de baixa qualificação – o segmento é responsável por quase 10% dos postos com carteira gerados este ano.

O resultado pode ser visto na perda da participação da indústria na economia brasileira, que se reflete em menos empregos e salários mais baixos. O setor de serviços pode ser um gerador importante de postos de trabalho, mas somente na alta tecnologia se garante colocação com bons vencimentos; o que se vê, ao contrário, é a criação de empregos de baixa qualificação, especialmente no comércio.

Caro Leitor, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo.  Precisamos de sua contribuição para manter nosso jornalismo honesto e independente. Se você puder contribuir com qualquer valor que não te fará falta, nós agradecemos. A Chave PIX Agencia MBrasil é agenciabrasilmaior@gmail.com

Assim, conduzido por um economista do mercado financeiro que não tem maior apreço pela produção, o Brasil recua. Esse tema não poderá ficar ausente dos debates eleitorais.

Com informações Monitor Mercantil


Gostou? Compartilhe!