Valor do Auxílio Brasil deveria ser de R$ 732 para conter disparada de preços dos alimentos

Gostou? Compartilhe!

Estudo realizou uma comparação do Auxílio Emergencial de 2020 com o Auxílio Brasil para verificar o que consegue comprar com os R$ 600 nas duas datas

O novo Auxílio Brasil, com valor temporário de R$ 600, ainda nem foi pago e já está defasado com avanço da inflação nos últimos 18 meses. Pelo menos é o que revela o analista em política da CNN, Leandro Resende, nesta quarta-feira (27), durante o programa CNN Novo Dia.

Resende utilizou os dados do economista Matheus Peçanha do FGV-Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas). De acordo com Peçanha, o valor corrigido do Auxílio Brasil deveria ser de R$ 732.

O cálculo foi realizado ao comparar o Auxílio Emergencial de abril de 2020, que também era de R$ 600, com o Auxílio Brasil a partir de agosto. No caso, o pesquisador fez um levantamento dos produtos que poderiam ser comprados em abril de 2020 e julho de 2022.

Caro Leitor, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo.  Precisamos de sua contribuição para manter nosso jornalismo honesto e independente. Se você puder contribuir com qualquer valor que não te fará falta, nós agradecemos. A Chave PIX Agencia MBrasil é agenciabrasilmaior@gmail.com

Com a inflação mais alta nos últimos anos, Peçanha argumenta que houve uma diminuição considerável no poder do brasileiro em pouco mais de dois anos. Por isso, com o mesmo valor, as pessoas não conseguem mais fazer a mesma compra.

Segue analise do Leandro Resende no video abaixo

Auxílio Brasil de R$ 600 foi antecipado

O pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600 foi antecipado para o dia 09 de agosto. Ele inicia para quem tem o NIS (Número de Inscrição Social) final 1 e vai até o dia 22 de agosto para quem tem o NIS final 0.

Para não ficar com nenhuma dúvida, verifique abaixo como será o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil no mês de agosto:

9 de agosto (terça-feira) – NIS final 1;
10 de agosto (quarta-feira) – NIS final 2;
11 de agosto (quinta-feira) – NIS final 3;
12 de agosto (sexta-feira) – NIS final 4;
15 de agosto (segunda-feira) – NIS final 5;
16 de agosto (terça-feira) – NIS final 6;
17 de agosto (quarta-feira) – NIS final 7;
18 de agosto (quinta-feira) – NIS final 8;
19 de agosto (sexta-feira) – NIS final 9;
22 de agosto (segunda-feira) – NIS final 0.

Apesar da antecipação das parcelas no mês de agosto, a instrução normativa informa que as parcelas restantes do ano (setembro, outubro, novembro e dezembro) não foram afetadas pela mudança. Deste modo, elas serão pagas nos últimos dez dias úteis.

É preciso destacar que o pagamento do Auxílio Brasil, com valor de R$ 600, será temporário até o final de 2022. Essa manobra foi realizada pelo governo ao aprovar no Congresso Nacional a PEC dos Benefícios Sociais, que cria um estado de emergência e permite o aumento de gastos em programas sociais do governo.




Gostou? Compartilhe!